Frente Parlamentar da Saúde realiza I Conferência da Optometria do Estado

Frente Parlamentar da Saúde realiza I Conferência da Optometria do Estado

Compartilhar
Optometristas de diversos municípios baianos participaram durante toda esta quarta-feira, dia 29, da I Conferência da Optometria do Estado no Auditório Jornalista Jorge Calmon, na Assembleia Legislativa. A ação foi idealizada e promovida de forma integrada pela Frente Parlamentar em Defesa da Saúde e Institutos de Pesquisas Afins da Bahia, presidida pelo deputado estadual José de Arimateia (PRB) e o Sindicato das Empresas do Segmento Óptico e Optométrico do Estado da Bahia (Sindióptica). No Brasil existem atualmente mais de seis mil optometristas. Já na Bahia, mil profissionais batalham pela regulamentação para exercerem como agentes de saúde visual primários.
Conforme relatou o deputado Arimateia, a optometria é uma ciência da saúde, especializada no estudo da visão, que oferece serviços de cuidados primários para a saúde visual do indivíduo. Os optometristas são profissionais da área da saúde, que ajudam no alcance de diagnósticos, como ainda auxilia no tratamento de diversas doenças oculares.
No ensejo, o parlamentar destacou a relevância do optometrista porque são 620 oftalmologistas na Bahia para atender cerca de 15 milhões de habitantes. “Nesta realidade atual, torna-se necessário o suporte dos optometristas, não menos técnicos, não menos profissionais, nem menos habilitados que os oftalmologistas para atuarem dentro das competências de sua área”, explicou.
O evento, que teve como objetivo debater de forma detalhada os desafios para a valorização da optometria, contou com o pronunciamento detalhado do presidente da Sindióptica, Juarez Gonçalves da Hora. Ele falou do trabalho assíduo que desenvolve em favor da saúde visual nos diversos municípios do estado, além de Salvador e Região Metropolitana. “A Optometria contribuí com a saúde, sociedade, portanto precisa ser respeitada”, disse Juarez, lutador há 20 anos pela regulamentação de sua classe profissional no Estado.
Presente na cerimônia, o bispo e vereador de Campinas – São Paulo, Fernando Mendes (PRB), classificou a optometria como maior fornecedora de correção visual, além de uma grande necessidade no Brasil, pela deficiência de políticas públicas nesse setor específico. “Lamento não ter hoje oftalmologistas em postos de saúde do Brasil. Nesta perspectiva é bem importante a regulamentação da optometria nesse âmbito”, disse o idealizador do projeto “Outubro Brilhante” que viabiliza o atendimento gratuito para a população menos favorecida de Campinas, São Paulo, com exames de vista e diagnóstico de algum tipo de patologia ocular.
Durante a conferência, o deputado Arimateia e o vereador Fernando Mendes foram contemplados com a honraria intitulada “Amigo da Optometria” e trouxe os aplausos das mais de 200 pessoas presentes. No encerramento ocorreu o lançamento do Livro e Palestra: “História da Optometria” origens, personagens, instituições do Professor Wellington Sales Silva.
Compuseram a mesa da cerimônia, o advogado do Sindicato das Empresas do Segmento Óptico do Estado da Bahia (Sindióptica), Matheus Augusto, o presidente da Sociedade Baiana de Óptica e Optometria (SBOO), José Carlos, o ex-presidente da  Sociedade Baiana de Óptica e Optometria (SBOO), o ex-vice-presidente da Sociedade Baiana de Óptica e Optometria (SBOO), Márcia Teles, o ex-presidente da Sociedade Baiana de Óptica e Optometria (SBOO) e coordenador da Faculdade Internacional de Formação Profissional (Fiep), professor Artemir Bezerra, o ex-presidente da Comissão Científica de Ensino da Sociedade Baiana de Óptica e Optometria (SBOO), Professor Wellington Sales.