Educâmara aproxima estudantes do debate político

Educâmara aproxima estudantes do debate político

Compartilhar
Crédito: Antonio Queirós

Os alunos da Escola Municipal Antônio Euzébio foram recepcionados pelos vereadores no Plenário Cosme de Farias, onde os jovens acompanharam a 90ª sessão ordinária, que virou solene para marcar o lançamento do Educâmara, na tarde desta segunda-feira (13).

O presidente da Casa, Leo Prates (DEM), deu as boas-vindas aos visitantes, desejou sucesso ao coordenador do projeto, vereador Joceval Rodrigues (PPS), e anunciou a locação de um ônibus, em processo de licitação, para facilitar o transporte dos estudantes até o Paço Municipal.
“Também estamos editando, com o vereador Sílvio Humberto, através do Selo Castro Alves, um livro contando a história da Câmara. Toda escola sairá daqui com a obra, ao visitar o Memorial – este prédio que nós consideramos belíssimo e que é uma referência para a cidade”, informou Leo Prates.

No Memorial da Câmara, onde os alunos iniciaram a visita, o vereador Joceval Rodrigues destacou a importância da mudança da relação do Poder Legislativo com a sociedade. “A iniciativa é louvável. Em um momento em que a política está tão desgastada, a Casa se aproxima dos alunos para mostrar como o Legislativo contribui com a cidade”.

De acordo com o coordenador do Educâmara, o programa tem o objetivo de apresentar a história da Casa e contextualizar os projetos aprovados, que ajudaram a melhorar a qualidade de vida dos soteropolitanos. “Aqueles que moram em casas com valor abaixo de 80 mil são isentos de pagar IPTU – e essa proposta foi aprovada na Câmara”, assinalou Joceval.

Presente à atividade de lançamento do programa, o secretário municipal de Educação, Bruno Barral, acredita que o Educâmara contribui para a formação social do jovem. “O projeto é uma forma de você trazer o aluno para dentro da essência do processo democrático e social, apresentando as diferenças entre os poderes, ensinando o que faz um vereador e um prefeito, o que é uma sessão e o que é debatido na Câmara”, afirmou.

Os estudantes que participaram da primeira edição do Educâmara aprovaram a iniciativa. O aluno Herbert da Purificação disse que o conteúdo apresentado pelos expositores do Memorial é “muito interessante”. “Achei bem legal conhecer mais sobre a história do Brasil”, frisou Marcos Rian. “Gostei bastante dos quadros”, pontuou Neidson Silva.