Aluno do Emitec com deficiência visual é aprovado no curso de Pedagogia

Aluno do Emitec com deficiência visual é aprovado no curso de Pedagogia

Compartilhar

O Emitec multiplicou meu conhecimento e me transformou em uma nova pessoa”. As palavras são de Luis Eduardo Sousa Araújo, 25 anos, morador do distrito de Pedra Alta, no município de Araci, no nordeste da Bahia, a 210 quilômetros de Salvador. Ele possui uma deficiência visual e conseguiu concluir o ensino médio por meio do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec) e agora cursa Pedagogia em uma instituição privada de ensino superior.

O Emitec garante acesso aos conteúdos do ensino médio para mais de 19 mil estudantes de áreas remotas do estado. Atualmente, está presente em 431 localidades de 151 municípios. “A explicação dos conteúdos é tão boa quanto às aulas ministradas presencialmente e faz com que os estudantes aprendam melhor. No ensino fundamental, eu sentia dificuldade de aprender, mas com o Emitec, tive todo o suporte que eu precisava para meu aprendizado”, afirma Luis Eduardo, explicando que o “curso de Pedagogia é uma experiência inovadora”.

Para a coordenadora executiva do Emitec, Letícia Machado, “esta experiência foi um grande desafio porque as provas de Luis precisaram ser adaptadas. Então, fizemos uma descrição de todos os componentes que apareciam para poder fazer com que ele tivesse sucesso nas etapas dos estudos”. Ela diz ter a certeza que o jovem vai fazer muita diferença na vida das pessoas que passarem por ele, seja como aluno no curso de graduação e quando for um profissional. Estamos muito orgulhosos dessa conquista”.